SINOPSE

Em seu magistério, Eugen Herrigel tratou de ponto de vista histórico e temático de todo o panoramo da filosofia européia. Contudo, ainda durante sua atividade como professor, o ponto essencial de seu interesse como filósofo era a Mística.

Em seu livro A arte cavalheiresca do arqueiro zen, publicado pela Pensamento, Herrigel relata que, como estudante, já se ocupava da Mística movido por um impulso secreto, apesar de, naquela época, haver pouco ou nenhum interesse pelo assunto.

O convite lhe foi feito, logo após o seu ingresso no magistério, na Universidade de Heidelberg, para ocupar o posto de professor na Imperial Universidade de Tohoku, no Japão, e a conseqüente oportunidade de conviver com os japoneses, despertou nele o interesse pelo caráter do Extremo Oriente e pela sua atitude perante a vida, motivando, posteriormente, seu ingresso no círculo encantado do Zen-Budismo.

O caminho zen reúne fragmentos por ele elaborados sobre a mística zen e constitui fonte inestimável de informação, ainda não ultrapassada ou substituída pelo aparecimento de numerosas outras publicações.

O que um autor japonês escreveu nas notas à primeira edição deste livro vem sendo repetidamente confirmado desde os anos 30: "Herrigel foi o único não japonês a compreender o gênio Zen e a sentir um sopro do seu verdadeiro espírito".

Livro em bom estado para leitura, capa brochura, páginas levemente amareladas, contém quebras na divisórias, pontas da lombada amassadas, contém uma etiqueta mau retirada na primeira folha, contem grifos, não contém rasuras, bordas muito sujas.

O Caminho Zen - Eugen Herrigel (COD: 1227 - M)

R$20,00
Atenção, última peça!
O Caminho Zen - Eugen Herrigel (COD: 1227 - M) R$20,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

SINOPSE

Em seu magistério, Eugen Herrigel tratou de ponto de vista histórico e temático de todo o panoramo da filosofia européia. Contudo, ainda durante sua atividade como professor, o ponto essencial de seu interesse como filósofo era a Mística.

Em seu livro A arte cavalheiresca do arqueiro zen, publicado pela Pensamento, Herrigel relata que, como estudante, já se ocupava da Mística movido por um impulso secreto, apesar de, naquela época, haver pouco ou nenhum interesse pelo assunto.

O convite lhe foi feito, logo após o seu ingresso no magistério, na Universidade de Heidelberg, para ocupar o posto de professor na Imperial Universidade de Tohoku, no Japão, e a conseqüente oportunidade de conviver com os japoneses, despertou nele o interesse pelo caráter do Extremo Oriente e pela sua atitude perante a vida, motivando, posteriormente, seu ingresso no círculo encantado do Zen-Budismo.

O caminho zen reúne fragmentos por ele elaborados sobre a mística zen e constitui fonte inestimável de informação, ainda não ultrapassada ou substituída pelo aparecimento de numerosas outras publicações.

O que um autor japonês escreveu nas notas à primeira edição deste livro vem sendo repetidamente confirmado desde os anos 30: "Herrigel foi o único não japonês a compreender o gênio Zen e a sentir um sopro do seu verdadeiro espírito".

Livro em bom estado para leitura, capa brochura, páginas levemente amareladas, contém quebras na divisórias, pontas da lombada amassadas, contém uma etiqueta mau retirada na primeira folha, contem grifos, não contém rasuras, bordas muito sujas.