SINOPSE

Músicas lugares e cheiros estimulam as lembranças do escritor angolano Ondjaki no livro Os da minha rua publicado pela editora Língua Geral. Neste livro Ondjaki passeia pela infância vivida em Luanda nas décadas de 1980 e 1990. Os limites entre biografia e ficção são continuamente desafiados: basta observar o tom intimista a mesclar-se continuamente a uma perspectiva histórica. Dessa forma Ondjaki amplia os horizontes de sua literatura conduzindo os leitores a cenas de caráter intimista que levam ao registro de uma época em Angola. Os da minha rua revela grande mobilidade não só pelo olhar intimista que se expande ao registro histórico: os 22 textos desta obra podem ser lidos como unidades autônomas que valem por si mesmas (como se fossem contos) mas também podem ser lidos feito capítulos de um romance. Trata-se portanto de uma obra muito flexível de intenso hibridismo que se vale de outro tom muito próximo ao da crônica. Este surge por meio do registro sobre o cotidiano que vem a ser uma das marcas incontestáveis desse gênero. Com um discurso muito afeita à oralidade o narrador lembra de amigos família festas na casa dos tios paixões professores cubanos a parada de 1.º de Maio a piscina de Coca-Cola e a novela brasileira Roque Santeiro.

 

Livro edição de bolso em bom estado para leitura, sem grifos ou rasuras, capa brochura, lombadas boa, bordas levemente sujas, livro com leves marcas de uso.

Os da Minha Rua - ondjaki -(Cód: 1509-M)

R$100,00
Atenção, última peça!
Os da Minha Rua - ondjaki -(Cód: 1509-M) R$100,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

SINOPSE

Músicas lugares e cheiros estimulam as lembranças do escritor angolano Ondjaki no livro Os da minha rua publicado pela editora Língua Geral. Neste livro Ondjaki passeia pela infância vivida em Luanda nas décadas de 1980 e 1990. Os limites entre biografia e ficção são continuamente desafiados: basta observar o tom intimista a mesclar-se continuamente a uma perspectiva histórica. Dessa forma Ondjaki amplia os horizontes de sua literatura conduzindo os leitores a cenas de caráter intimista que levam ao registro de uma época em Angola. Os da minha rua revela grande mobilidade não só pelo olhar intimista que se expande ao registro histórico: os 22 textos desta obra podem ser lidos como unidades autônomas que valem por si mesmas (como se fossem contos) mas também podem ser lidos feito capítulos de um romance. Trata-se portanto de uma obra muito flexível de intenso hibridismo que se vale de outro tom muito próximo ao da crônica. Este surge por meio do registro sobre o cotidiano que vem a ser uma das marcas incontestáveis desse gênero. Com um discurso muito afeita à oralidade o narrador lembra de amigos família festas na casa dos tios paixões professores cubanos a parada de 1.º de Maio a piscina de Coca-Cola e a novela brasileira Roque Santeiro.

 

Livro edição de bolso em bom estado para leitura, sem grifos ou rasuras, capa brochura, lombadas boa, bordas levemente sujas, livro com leves marcas de uso.