SINOPSE

"O estudo de Maria de Lourdes da Conceição Cunha tem o grande mérito de, a partir de um recorte temático, revisitar nosso maior ficcionista do Romantismo, José de Alencar, e, de certa forma, apresentar uma escritora do período, Maria Firmina dos Reis, bem puco conhecida do público, mas que, por sua simples existência como escritora, representa a manifestação de um primeiro impulso da escrita feminina no Brasil. Colocar, como objeto de investigação, o romance "Úrsula" ombro a ombro com "O Guarani", de nosso romancista canônico, é uma tarefa, num só compasso, audaciosa e exata: audaciosa pela coragem de assumir atitude de dessacralização que só os críticos maduros apresentam diante de seus objetos de estudo; exata porque necessária à avaliação de autora ainda deslocada do sistema literário em que, entretanto, precisa ser inserida. Por todos os títulos, portanto, este trabalho de Maria de Lourdes da Conceição Cunha é de importância para os estudos em torno do Romantismo: por apresentar uma visada original e por permitir a reavaliação de uma autora injustamente pouco conhecida." Marlise Vaz Bridi

Livro em bom estado para leitura, capa brochura, contem cartão postal e marca pagina, não contem grifos ou rasuras, bordas levemente sujas. 

ROMANTISMO BRASILEIRO: AMOR E MORTE - Maria de Lourdes Da Conceição Cunha (COD: 682 - M)

R$10,00
Atenção, última peça!
ROMANTISMO BRASILEIRO: AMOR E MORTE - Maria de Lourdes Da Conceição Cunha (COD: 682 - M) R$10,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

SINOPSE

"O estudo de Maria de Lourdes da Conceição Cunha tem o grande mérito de, a partir de um recorte temático, revisitar nosso maior ficcionista do Romantismo, José de Alencar, e, de certa forma, apresentar uma escritora do período, Maria Firmina dos Reis, bem puco conhecida do público, mas que, por sua simples existência como escritora, representa a manifestação de um primeiro impulso da escrita feminina no Brasil. Colocar, como objeto de investigação, o romance "Úrsula" ombro a ombro com "O Guarani", de nosso romancista canônico, é uma tarefa, num só compasso, audaciosa e exata: audaciosa pela coragem de assumir atitude de dessacralização que só os críticos maduros apresentam diante de seus objetos de estudo; exata porque necessária à avaliação de autora ainda deslocada do sistema literário em que, entretanto, precisa ser inserida. Por todos os títulos, portanto, este trabalho de Maria de Lourdes da Conceição Cunha é de importância para os estudos em torno do Romantismo: por apresentar uma visada original e por permitir a reavaliação de uma autora injustamente pouco conhecida." Marlise Vaz Bridi

Livro em bom estado para leitura, capa brochura, contem cartão postal e marca pagina, não contem grifos ou rasuras, bordas levemente sujas.